• Facebook
  • LinkedIn - Black Circle
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Twitter
Telefone:   (31) 3213-9716
Whatsapp: (31) 9.9270-0043
Logo industria-i 6x6.jpg

Acesse também:

A IMPORTÂNCIA DE AVALIAR CORRETAMENTE O IDOSO

February 15, 2017

Um estudo realizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), revela que o Brasil está ficando cada vez mais velho, isso significa o número de pessoas com mais de 60 anos está crescendo muito rápido é mais que a média internacional.  Enquanto a quantidade de idosos vai duplicar no mundo até o ano de 2050, ela quase triplicará no Brasil. 

 

Atualmente segundo a OMS, número de idosos no Brasil corresponde a 12% da população, mais pode chegar a 30%, até 2050. Podendo ser comparado futuramente com países como França, Inglaterra, Japão e Canadá, onde a porcentagem de idosos chega a 14%.

 

O aumento da longevidade brasileira, traz como consequência o aumento de doenças crônicas e incapacidades funcionais. Apesar delas serem mais intensas nessa fase, elas não estão sempre ligadas a dependências ou incapacidades funcionais, porém elas podem gerar na maioria das vezes uma maior vulnerabilidade.

 

Atualmente já existe um modelo de questionário desenvolvido para identificar os primeiros sinais de vulnerabilidade do idoso. O IVCF-20 é uma metodologia desenvolvida por pesquisadores da área de geriatria e gerontologia que, permite ao profissional da saúde e/ou os próprios familiares do idoso aplicarem. Através do resultado, pode-se verificar qual o grau de vulnerabilidade. Para caso, seja necessário, um direcionado para os profissionais de geriatria e gerontologia.

 

O questionário tem como base a independência e autonomia, que estão ligadas diretamente com o funcionamento integrado dos seguintes sistemas:

  • Cognição: é a capacidade mental de compreender e resolver adequadamente os problemas do cotidiano;

  • Humor/Comportamento: é a motivação necessária para a realização das atividades e/ou participação social.

  • Mobilidade: é capacidade individual de deslocamento e de manipulação do meio. Por sua vez, ela depende de quatro subsistemas funcionais: a capacidade aeróbica, alcance/pinça e a marcha.

  • Comunicação: é a capacidade de estabelecer um relacionamento produtivo com o meio, trocar interações, manifestar desejos, ideias e sentimentos.

 

O IVCF-20 está disponível no site para que profissionais da saúde, familiares ou os próprios idosos apliquem e saibam se estão suscetíveis a um nível de fragilidade preocupante. Porém, as Instituições de Longa Permanência já podem ter acesso a essa metodologia, unida a outras ferramentas que podem auxiliar e melhorar o tratamento individualizado dos hóspedes.

 

O MedLogic é um software que conta com o apoio da metodologia do IVCF-20, nacionalmente conhecido, como primeira etapa para identificação do idoso frágil (estratificação de risco).

 

A segunda etapa é a Avaliação Multidimensional (Avaliação Geriátrica Ampla) que contribui na elaboração do Plano de Cuidados Individualizado, totalmente automático, gerado com base nas informações preenchidas em cada módulo no sistema.  O Plano de Cuidados é gerado para cada idoso, assim as intervenções como dieta, tratamento, prevenção e atividades, são específicas para cada hóspede e de forma diferenciada.

 

O software possui dentre essas funções módulos exclusivos para ILPIs, como a Gestão de Equipes Multidisciplinares, para uma melhor gestão das atividades diárias dos profissionais.

Please reload

Posts Recentes
Please reload