• Medlogic

Idosos frágeis e a gestão integral centrada no idoso e na família.



O rápido envelhecimento da população brasileira, aliado ao aumento da longevidade, traz profundas consequências na estruturação das redes de atenção à saúde do Idoso, pois a assistência fragmentada leva ao cuidado ineficiente, ineficaz e descontinuado agravando a sua saúde.

Um único indivíduo chega a ter mais de cinco especialistas tratando da investigação de doenças específicas, sem que nenhum deles compreenda as necessidades do idoso como um todo.

A coordenação do cuidado pela equipe de saúde do idoso é necessária para assegurar padrões ótimos de assistência a saúde, de forma resolutiva, eficiente, estruturada com base em evidências cientificas, isso tudo ofertado de forma humanizada e sustentável. Ao se adotar essa nova lógica, teremos uma melhor saúde populacional e com redução dos custos assistenciais.

Como requisito, há o conhecimento das particularidades de saúde do idoso e a utilização dos parâmetros baseados em fatores de risco, doenças e alto risco de adoecimento iatrogênico.

Ressalta-se que o acompanhamento da equipe ao idoso é primordial para evitar exames e medicamentos desnecessários e ainda a importância do monitoramento além do consultório indo até o domicílio para conhecimento do ambiente onde ele vive e continuidade do cuidado, evitando acidentes domésticos e incentivando a sua autonomia, com orientação necessária aos familiares e aos cuidadores, focado no resultado da Classificação Clínico Funcional do Idoso.

Leiam o texto na sua totalidade:

http://bit.ly/2f93CRq

Resumo elaborado por:

Maria Carmen de Carvalho Melo

Enfermeira com Especialização e mais de 35 anos de experiência em Saúde Pública.

#envelhecimento #idoso #autonomia #iatrogenia #longevidade #saúdedoidoso

68 visualizações
  • Facebook
  • LinkedIn - Black Circle
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Twitter
Telefone:   (31) 3213-9716
Whatsapp: (31) 9.9270-0043
Logo industria-i 6x6.jpg

Acesse também: